Parque Estadual Sucunduri – AM


O parque estadual Sucunduri fica localizado entre a divisa do estado de Amazonas e Roraima, entre os rios que cortam os dois estados Aripuanã e Juruena. Com uma área de mais de 808 mil hectares quadrados, o parque foi criado oficialmente apenas em 2005, e hoje conta com uma equipe de proteção permanente em suas localizações.

Para chegar no parque estadual Sucunduri é preciso um bom planejamento de viagem, onde apenas para ir e vir, devem ser considerados dois dias a mais. O parque foi criado com o objetivo de preservar todos os ecossistemas que ali estão presentes, e para isso, há nove unidades de controle de visitantes, que também oferecem ajuda para os animais e moradores da região.

Esses pontos foram estipulados considerando o grande perigo de desmatamento que acontecia na região anos atrás, criando um verdadeiro corredor de preservação.

Por ter uma característica de solo especial, o parque estadual Sucunduri abriga uma grande quantidade de quedas de água naturais em todo o mundo. A principal cachoeira da região é a cachoeira do Monte Cristo, onde além dos humanos, ela é sempre lembrada como opção para os animais da região.

Em qualquer época do ano, é possível avistar animais como antas, onças e até mesmo pequenos macacos que procuram aproveitar as águas cristalinas da cachoeira. Também existe grande quantidade de vida marinha ao redor da cachoeira, por isso, muitos peixes também podem ser encontrados no final de suas quedas.

Essa abundancia de peixes, água pura e animais menores também atrai a atenção de outras espécies bem raras, como a ave Chico Preto, que procura se alimentar dos parasitas que estão presentes nos pelos dos animais maiores, como as antas.

Como uma forma de simbiose perfeita, as antas não criam qualquer resistência para as aves, e podem aproveitar assim para eliminarem grande parte dos insetos, que podem trazer doenças ao longo do tempo.

Uma outra cachoeira muito frequentada por turistas, exploradores e também animais da região é a cachoeira Véu de Noiva, que conta com uma queda de mais de 50 metros, que fica à frente de um grande paredão de pedras, onde também é possível encontrar diversas espécies de algas e de peixes.

Outros animais que chamam a atenção no parque estadual Sucunduri são os primatas. Já foram catalogadas mais de 13 espécies diferentes típicas da região. No meio do parque, muitos turistas se encantam com as pequenas áreas de cerrado, que abrigam também espécies de cervos e também mais de 27 espécies de repteis.

A região foi muito explorada, devido principalmente à grande quantidade de espécies de madeira no local, por exemplo, copaíba, andiroba, castanha epau-rosa. Contudo, várias ações para a eliminação do desmatamento ilegal aconteceram após a formalização legal do parque.

Você pode se Interessar:

    ,

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *