O Setor de Energia Solar Atingiu a Terceira Posição na Matriz Energética Brasileira

Energia solar alcança a 3ª posição na matriz brasileira

O Setor de Energia Solar produz maior quantidade de energia do que a biomassa e o gás natural.

A energia renovável alcançou a terceira posição no sistema energético brasileiro. É capaz de produzir mais eletricidade do que as usinas térmicas de gás e biomassa.

A informação é da Associação Brasileira de Energia Solar (ABSOLAR). A usina solar pode produzir mais de 16 gigawatts (GW) de eletricidade. Isso coloca a capacidade listada das usinas termoelétricas a gás e biomassa um pouco mais elevada: 16,3 GW.

O potencial de geração do setor de energia solar só é perdido no caso da energia hidroelétrica e eólica. De acordo com um relatório da Absolar, desde 2012, a fonte trouxe ao Brasil mais de R$ 86 bilhões em novos investimentos e cerca de R$ 23 bilhões em arrecadação ao tesouro público. Isso levou à criação de cerca de 500 mil empregos vazios.

O governo brasileiro estima que o uso no setor de energia solar pode ajudar a reduzir a emissão de 23,6 milhões de toneladas de CO2 no processo de produção de eletricidade, de acordo com o jornal Valor Económico.

É a principal fonte de energia no Brasil, que é gerada por grandes fábricas, casas, pequenas fábricas, propriedades rurais e prédios públicos.

“A energia gerada pelas grandes usinas solares diversificará o fornecimento de eletricidade do país, reduzindo a pressão sobre os recursos hídricos e o risco de novos aumentos na conta de eletricidade da população”, disse Carlos Dornellas, presidente da Absolar.

As grandes usinas solares produzem eletricidade a preços que são 10 vezes menores do que a eletricidade produzida a partir de combustíveis fósseis ou a eletricidade importada de outros países, que são os principais culpados por trás do aumento das tarifas de eletricidade aos consumidores.

Créditos: Revista Oeste.

Você deve se interessar:


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *